"Comunicação é mais que informação; informação subsidia, atualiza, nivela conhecimento. A comunicação sela pactos e educa"

Emílio Odebrecht

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Política em alerta

PT e/X PMDB
O PMDB permanece insatisfeito com Dilma. Agora a corrida eleitoral quem dita a insatisfação. PMDB sente-se para escanteio e coloca Dilma contra a parede: Sua prioridade é a reeleição ou os governos estaduais?
Cilada Dilma!

PT dá aviso prévio ao Cabral do Rio
O PT já avisou que deixará o governo de Sérgio Cabral no dia 25 de novembro de 2013. O Governador Sérgio Cabral anda com uma imagem política nada animadora e o PT está querendo abandonar o barco.. ou o Rio de Cabral.

Direitos Humanos ou direito de alguns humanos?
Se não for jogada de marketing para permanecer na mídia é puro radicalismo religioso. Feliciano voltou a cena midiática esta semana com o polêmico projeto que dá o poder discricionário aos dirigentes religiosos de retirar os homossexuais de seus cultos. Esse projeto não se restringe à religião protestante. É amplo, para todos os templos religiosos. Mas... vamos lembrar também dos valores democráticos? Parece que estes estão sendo esquecidos há tempos...

E no DF...
O PSB, com pré-candidato definido no nome de Rodrigo Rollemberg, juntamente com a Fundação João Mangabeira, promovem diversos seminários para ouvir os anseios sociais e montar seu programa de governo pró-campanha 2014. A legenda, desde o início do ano, trabalha com 12 núcleos temáticos com o objetivo de discutir ideias e compor o plano de governo para o DF com a participação da Rede Sustentabilidade. Em meio à crise de credibilidade política, o PSB/Rede sai na frente com a estratégia de interação social em sua futura candidatura. Trazer a sociedade para perto da legenda desperta interesse da sociedade. A participação popular sempre foi importante nas campanhas e, principalmente, formulação de políticas.

DFTrans na mira da fiscalização
A Comissão de Fiscalização da Câmara Legislativa do Distrito Federal, aprovou ontem (17), convocação do diretor-geral do DFTrans, Campanella, para prestar esclarecimentos sobre denúncias de servidores do órgão. O órgão foi denunciado por fraudes no sistema de bilhetagem automática, perseguição a servidores e desvio de arrecadação. A população anda insatisfeita com o sistema de transporte público no DF, sobretudo, a limitação do uso do cartão Vale-transporte e a falta de linhas de ônibus.

É DFTrans, o reinado um dia cai quando não se trabalha direito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget