"Comunicação é mais que informação; informação subsidia, atualiza, nivela conhecimento. A comunicação sela pactos e educa"

Emílio Odebrecht

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Aos amantes da cultura...


O Espaço Imaginário receberá, neste sábado, o Prêmio Samambaia Poética.
Esbalde-se de arte!

Local: Qr 105 da Samambaia
Horário: a partir das 20h.

Programação:

19hs30: Acolhida com mostra de filmes / Rodriggo Misquita
20hs00: Abertura oficial com slides de fotos antigas da cidade / O Chafariz
20hs10: Coletivo Poesia Marginal
20hs20: Homenagem: B.gril Prix, Maria da Guia e Luiz Vieira
20hs30: Luiz Vieira + Repentista Djalma Faustino
20hs50: Homenagem: Circuito Negro, Realidade Atual, B.boy Leitão
21hs00: Mano Kadyn e Mano My ou Josi Araújo
21hs10: Frente Feminista e M.M.U
21hs20: Nelson Maca (Poesia + Roda de conversa sobre Extermínio da Juventude Negra)
21hs35: Homenagem: Grafiteiro Pará, Sabina
21hs45: Mostra do clipe e documentário  O Circo
21hs55: Rodriggo Misquita e ou Josi Araújo
22hs10: Grupo de poesia Mutação Muita ação
22hs20: Homenagem: Delito Criminal, Quadrilhas  Juninas e Roupa de Ensaio
22hs30: Nelson Maca (Poesia + Roda de conversa sobre Alto de resistência)
22hs45: Pocket show CXA


E muito mais!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

ATENÇÃO SOL NASCENTE!

A Secretaria de Habitação do DF está convidando os moradores do Trecho 1 do Sol Nascente para reunião que discutirá a regularização e o cronograma de obras na comunidade.
Participe desta reunião que diz respeito diretamente a você.
Participar da política da sua cidade é levar melhoria para si e para seus vizinhos. Cobre ações do seu governante.

O encontro acontecerá às 9h30 do próximo domingo (27) na SEDHAB.

LOCAL: SCS Quadra 6 bloco “A” – Brasília/DF. Telefones: 3214-4005/3214-4002


Só reclamações não vão adiantar, então participe da reunião e reivindique.

Política em alerta


Petróleo
O leilão do Campo de Libra deu o que falar ontem (21). A oposição pregou a ideia de incoerência ideológica por parte do governo que outrora era contra privatização. Ora, partilha não é privatização... Mas chega perto. E os próprios partidários de Dilma se dividiram quanto à temática. Para amenizar as críticas e tentar trazer a população para o apoio à ação, Dilma fez um pronunciamento na TV onde dizia que o regime de partilha e a exploração do Pré-sal trará intensos benefícios ao Brasil em longo prazo, 35 anos. E, já que a sociedade almeja saúde e educação, vamos falar disso como um legado do Pré-sal.


E no DF...

PSDB e PDT juntos?
Izalci Lucas é um pré-candidato do PSDB ao Buriti. Ele e o recém chegado Pitiman almejam a majoritária e fazem queda-de-braço internamente para ver quem é o mais forte para sair candidato. Enquanto não se decidem internamente, Izalci anda conversando com outros partidos. E por palavras dele, a conversa com Reguffe anda acontecendo e não descartam possível aliança com PDT.

Será? 

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Roda de Conversa Griô


A Secretaria de Cultura e a Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial do DF promovem, na próxima quarta(23), Roda de Conversa Griô com a matriarca Maria do Carmo Reis (Murá) da comunidade indígena Kariri- Xocó. O encontro será na Biblioteca  Pública do Cruzeiro às 10h30.

Perspectiva Legislativa da semana


Videochat para discutir marco civil da internet
A Câmara quer mostrar que interage com o eleitor e promoverá videochat na próxima terça (22) para discutir o marco civil da internet. O evento, que será transmitido pelo Portal e pela TV Câmara, terá início às 11 horas.
Durante uma hora, qualquer pessoa poderá participar do debate. Basta acessar o link que estará disponível, no horário do bate-papo, no portal Câmara Notícias ou encaminhar perguntas para o Disque Câmara (0800 619 619).
O proposta de videochat foi do relator do PL 2126/11 apensado ao PL 5403/01 (marco civil da internet) que teve a ideia após as denúncias de espionagem norte-americana contra comunicações de cidadãos e do governo brasileiro.
A presidente Dilma Rousseff pediu regime de urgência para a proposta. Se não for votado até o dia 28 de outubro, o projeto passa a trancar a pauta do Plenário.

Minirreforma Eleitoral na Pauta
Na sessão ordinária desta terça-feira, a Câmara deve votar MP que tranca a pauta e assim, os destaques da minirreforma eleitoral podem ser votados esta semana.
Um dos destaques a serem votados é o do PT, que pretende manter na legislação a permissão para propaganda eleitoral em bens particulares, com a fixação de cartazes, faixas, pinturas e outros materiais.
Segundo o texto do relator pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a propaganda em bens particulares será proibida.

Comissões discutirão denúncias contra vale em audiência pública
As Comissões de Fiscalização e Controle e Tributação e Finanças promovem audiência pública nesta terça (22) para obter esclarecimentos sobre os impactos ambientais e as violações de direitos humanos e trabalhistas provocados pela mineradora Vale segundo denúncia da internet.
Foram convidados para o debate:
   ü  o presidente da Mineradora Vale, Murilo Ferreira;
   ü  o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social       (BNDES), Luciano Coutinho;
   ü  o presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo               Portugal;
   ü  o procurador-chefe da Procuradoria Federal, especializada da Comissão       de Valores Mobiliários (CVM), José Eduardo Guimarães Barros;
   ü  o diretor-presidente da BM&F Bovespa, Edemir Pinto;
   ü  o sócio da W.O. Engenharia Waldir Pires;
   ü  o sócio da Construtora Amarq Marcos Ltda. Antonio Miranda;
   ü  o sócio da construtora Lucaia Ltda. Cezar Augusto de Almeida; e
   ü  o representante da Engecaf Serviços Ltda. Olímpio Biondo.


*Com informações da Agência Câmara.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Política em alerta

PT e/X PMDB
O PMDB permanece insatisfeito com Dilma. Agora a corrida eleitoral quem dita a insatisfação. PMDB sente-se para escanteio e coloca Dilma contra a parede: Sua prioridade é a reeleição ou os governos estaduais?
Cilada Dilma!

PT dá aviso prévio ao Cabral do Rio
O PT já avisou que deixará o governo de Sérgio Cabral no dia 25 de novembro de 2013. O Governador Sérgio Cabral anda com uma imagem política nada animadora e o PT está querendo abandonar o barco.. ou o Rio de Cabral.

Direitos Humanos ou direito de alguns humanos?
Se não for jogada de marketing para permanecer na mídia é puro radicalismo religioso. Feliciano voltou a cena midiática esta semana com o polêmico projeto que dá o poder discricionário aos dirigentes religiosos de retirar os homossexuais de seus cultos. Esse projeto não se restringe à religião protestante. É amplo, para todos os templos religiosos. Mas... vamos lembrar também dos valores democráticos? Parece que estes estão sendo esquecidos há tempos...

E no DF...
O PSB, com pré-candidato definido no nome de Rodrigo Rollemberg, juntamente com a Fundação João Mangabeira, promovem diversos seminários para ouvir os anseios sociais e montar seu programa de governo pró-campanha 2014. A legenda, desde o início do ano, trabalha com 12 núcleos temáticos com o objetivo de discutir ideias e compor o plano de governo para o DF com a participação da Rede Sustentabilidade. Em meio à crise de credibilidade política, o PSB/Rede sai na frente com a estratégia de interação social em sua futura candidatura. Trazer a sociedade para perto da legenda desperta interesse da sociedade. A participação popular sempre foi importante nas campanhas e, principalmente, formulação de políticas.

DFTrans na mira da fiscalização
A Comissão de Fiscalização da Câmara Legislativa do Distrito Federal, aprovou ontem (17), convocação do diretor-geral do DFTrans, Campanella, para prestar esclarecimentos sobre denúncias de servidores do órgão. O órgão foi denunciado por fraudes no sistema de bilhetagem automática, perseguição a servidores e desvio de arrecadação. A população anda insatisfeita com o sistema de transporte público no DF, sobretudo, a limitação do uso do cartão Vale-transporte e a falta de linhas de ônibus.

É DFTrans, o reinado um dia cai quando não se trabalha direito.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Minirreforma... será?


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (16) o projeto de lei de minirreforma eleitoral. 
O projeto de lei tem origem no Senado e altera normas para propaganda eleitoral na TV e internet e simplifica a prestação de contas dos partidos.
O texto aprovado foi um substitutivo do relator Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ou seja, altera substancialmente o texto originário do Senado.
Ainda falta aprovar os destaques que não foi votado por manobra política para cair a o quórum. A base do PT pretende negociar mudanças ainda e a votação poderá ter continuidade na próxima terça (22).

O que muda?

Prestação de contas


A minirreforma limita o poder de auditoria da Justiça Eleitoral sobre a contabilidade, a prestação de contas e as despesas de campanha eleitoral dos partidos.
A Justiça deverá fazer apenas o exame formal dos documentos contábeis e fiscais apresentados pelos partidos políticos. Ou seja, é melhor para o partido e candidato.
Hoje, não há esse limite na Lei Eleitoral (9.504/97).

Concessão pública


Com destaque do PMDB, em apoio ao Psol, o Plenário retirou do texto uma das mudanças mais polêmicas, que permitia a empresas concessionárias ou permissionárias de serviço público doar recursos às campanhas indiretamente, por meio de subsidiárias, por exemplo.
O destaque também retirou a possibilidade de doações das cooperativas e associações sem fins lucrativos cujos cooperados ou associados não fossem concessionários ou permissionários de serviços públicos nem beneficiados com recursos públicos.
Outro destaque do PMDB aprovado deixa claro que os recursos obtidos pelos partidos por meio do Fundo Partidário não estão sujeitos às regras da Lei de Licitações (8.666/03) para contratação de bens e serviços.

Parcelamento de multas


Emenda do deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) aprovada pelo Plenário limita a prestação do parcelamento de multas eleitorais a 10% da renda da pessoa. A intenção do deputado é evitar o comprometimento da renda.

Comprovação


Segundo o texto aprovado em Plenário, as doações de bens móveis de até R$ 4 mil e doações entre candidatos, partidos ou comitês decorrentes do uso comum de sede e de material não precisarão mais ser comprovadas na prestação de contas das campanhas eleitorais.
A norma limita gastos com alimentação em campanha a 10% da receita obtida, e os gastos com aluguel de carros a 20% dessa receita.
Já os gastos com passagens aéreas realizados pelos partidos com recursos do Fundo Partidário serão comprovados apenas com a fatura ou duplicata emitida por agência de viagem.
Como não poderá ser exigido o bilhete eletrônico de embarque, o efetivo beneficiário da passagem será desconhecido. A regra também se aplica aos gastos com passagens durante a campanha eleitoral.

A ideia inicial era reduzir os custos com campanhas eleitorais, mas as alterações acabam por facilitar as prestações de contas dos candidatos.

E o benefício social? Só com reforma política ampla e participativa.



quarta-feira, 16 de outubro de 2013

O caminho de Morar Bem


O Secretário de habitação do DF, Geraldo Magela, reuniu hoje (16), em coletiva, a imprensa alternativa  para discutir o programa habitacional Morar Bem e planos urbanísticos da cidade.
Costumo escrever textos em terceira pessoa, mas vou fazer diferente porque pretendo aqui não só fazer uma análise, mas expressar uma opinião.
Em meio à crise de imagem do governo Agnelo, essa repórter analista que vos fala pôde analisar friamente o programa discutido em questão e a gestão do secretário. Quando se exime de paixões e ideologias e analisa o cenário de posse dos dados nota-se que o monstro na verdade não é tão monstro assim. Como o próprio secretário diz, "o governo é melhor do que ele mostra ser". Analisemos os projetos habitacionais que é a questão desta nota. 
O secretário explicou que desde 2011 o GDF mudou a política habitacional. Segundo o secretário, acredita-se que a moradia não se restringe a unidade habitacional de forma isolada dos aspectos sociais e urbanos. O direito à moradia digna traduz-se na unidade habitacional completa, inserida num ambiente dotado de serviços e equipamentos públicos que proporcionem a inclusão social da comunidade ao espaço da cidade formal. O programa apresentado por Magela é de bairros urbanizados com comércios, creches públicas, escolas, postos de saúde etc. Não se entrega apenas a moradia, mas o bairro urbanizado. É um projeto de excelência que está em fase de implementação. Não sabemos ainda se a teoria virará prática por completo. O povo brasileiro está cansado de promessas. Quer ver o projeto na prática.
Além disso, o secretário Magela abriu-se para a imprensa alternativa colocando a disposição seus assessores e a si próprio para esclarecimentos. A imprensa gosta de ser ouvida e se fazer ouvir.
Assim, posso lhe falar, querido leitor, que existem falhas no governo sim. A comunicação é uma delas. Coalizões e coligações seriam outras amarras negativas. Mas façamos justiça e vejamos que algo está sendo feito que a imprensa "convencional" não mostra porque não vende e por isso, a grande massa não consegue identificar. O governo do DF foi saqueado por muitos anos e não seria em 4 anos que os serviços públicos mudariam como almeja a população. Até porque "parceiros" do governo ainda mamam enquanto outros tentam trabalhar. Generalizar não é o caminho mais sensato. 

O que vem por aí? São cenas para a próxima política(gem)...

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Cenário eleitoral em Brasília, uma análise sem tendências

Instabilidade político-eleitoral cerca o Distrito Federal e dificulta estratégias de campanha para 2014

O Instituto Dados divulgou pesquisa realizada em setembro e confirma a instabilidade eleitoral em que o Distrito Federal se encontra.
Em meio aos transtornos políticos existentes no Brasil nos últimos meses, fraqueza de governabilidade no atual governo do Distrito Federal e corrupção, o cenário eleitoral para 2014 encontra-se instável e sem percepções de possível vencedor na corrida eleitoral para o governo do Distrito Federal.
O resultado com nomes definidos foi mínimo e a maioria dos eleitores permanece sem candidato, indeciso ou sem opção de escolha.
Segundo o Instituto Dados, Roriz segue com 6% das intenções de voto, Agnelo com 5,3%, Arruda com 5%, Reguffe com 4,4% das intenções. O número de indecisos é alto. Mais da metade não sabe em quem votar, 62%. Nota-se que a diferença entre candidatos é mínima, o que atende à margem de erro podendo inferir um empate técnico. Isso mostra que em 2014 tudo pode acontecer. Roriz está na frente dos demais, no entanto, com uma diferença mínima e um número muito baixo. Deve-se levar em consideração também que Rollemberg estuda ser candidato ao governo do DF e este não consta na pesquisa. A rejeição dele é baixa e está em evidência no cenário político brasiliense.
Além do mais, com uma diferença mínima entre candidatos, a distância das eleições e um número tão alto de indecisos, o quadro eleitoral pode sofrer mudanças drásticas. Não se pode prever vencedores neste quadro. O que se pode analisar é que a instabilidade político-eleitoral no Distrito Federal é grande e as estratégias de campanha devem levar em consideração a insatisfação popular com a política brasileira.
A bandeira clamada pela sociedade é fim da corrupção, educação, saúde e segurança. E certamente, essas devem ser as bandeiras acolhidas pelos candidatos para venderem sua imagem para o eleitorado. Mas é preciso cuidado, a insatisfação é alta, a descrença política está cada vez maior e a cobrança popular tende a aumentar.

*Com informações do Blog do Odir

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Orixá Disfarçado

a beleza de ser negro
impera na noite
dos herdeiros da escravidão
onde ser negro é tocar o belo
ter o singelo beijo das artes
de todas as nações
a negritude mais perto de ti
lado a lado com a beatitude
caminha com os Orixás
no servo de Olorum
irmão de Oxalá
igualdade para a liberdade
num canto de atitude
teatro veste política
que veste poesia
que é pintura
na forma negra
negritude na essência
espelho de uma cor
luz de uma era
Abdias, um Orixá disfarçado,
agora está sentado à direita de Olorum
*Poema de Jorge Amancio

"Só através do conhecimento que se acaba com o preconceito".
Essa é uma ótima matéria para incentivar a elaboração de projetos de implementação da lei 10.639/03 nas escolas.

Ainda há muito o que se conquistar. É preciso extinguir o preconceito no próprio corpo docente e capacitá-los para a inclusão do conteúdo de história e cultura afro-brasileira já que não é uma matéria específica. Muitas escolas não implementam essa política ou não abrem espaço para implementação por falta de informação ou capacitação para se trabalhar a temática.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Estética exótica?

O racismo brasileiro foi construído e encontra-se tão arraigado na cultura brasileira que podemos até nos afirmar como racistas inconscientemente. Como disse Florestan Fernandes, temos "preconceito de ter preconceito" (1972) em uma nação que manifesta um racismo explicitamente negado e implicitamente aceito.
A sociedade brasileira caminha para o desenvolvimento sem ver que uma parte da população foi condenada ao fracasso e à negação de si mesma. Nosso cotidiano é marcado por questões que permeiam a construção de uma estética e uma linguagem ideal: a branca, consolidando as oposições entre positiva, negativa, neutra ou indefinida. Cabelo pixaim, bochechas grandes e nariz achatado são traços físicos mais comuns dos negros e negras e que são assumidos pela mídia em uma certa proporção mínima, mas continuam representando uma estética "exótica". A valorização da estética negra deu maior vasão com o movimento hip-hop, nascido nos guetos negros dos Estados Unidos, que colocou o orgulho das raízes africanas.

No entanto, cabe ressaltar que a maior parte da população negra brasileira não assume os seus traços étnicos e acaba tendo a sua auto-estima atingida. A todo momento são impostos padrões de beleza delineados por um modelo de beleza feminino branco, de cabelo liso, nariz afilado e classificações como morena(o). Precisamos desenvolver ações que busquem a valorização da estética negra, não só pela mídia, mas pelos movimentos sociais. Políticas de cunho universalistas não resolvem a desigualdade num país em que as relações sociais estão intrinsecamente ligadas às relações étnicas. Qualquer medida para o combate à pobreza deve levar em conta as relações étnicas e a valorização da identidade negra. O rompimento com uma cultura racista em toda a sua amplitude depende de nós que fazemos movimento social no Brasil.

terça-feira, 19 de março de 2013

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

EGITO - Berço dos ensinamentos da vida




Uma das mais poderosas civilizações da história da humanidade. Egito, mistério na arquitetura e engenharia. Berços dos principiantes da política de Estado, do Direito, da matemática, astronomia, das grandes cirurgias de coração e cerébro, das grandes navegações, do expansionismo econômico para além das fronteiras territoriais, etc.



Egito, civilização de pretos e pretas que ensinaram a gregos e romanos os mistérios da vida, da religiosidade, das ciências e do amor. Nação preta, educadora de brancos perversos, que ali mamaram todo o leite da vida, e depois a destruiu.

* Extraido do Blog Primeiro Povo Raça Original.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Solano Trindade...





Sou negro
meus avós foram queimados
pelo sol da África
minh`alma recebeu o batismo dos tambores
atabaques, gongôs e agogôs
 
Contaram-me que meus avós
vieram de Loanda
como mercadoria de baixo preço
plantaram cana pro senhor de engenho novo
e fundaram o primeiro Maracatu

Depois meu avô brigou como um danado
nas terras de Zumbi
Era valente como quê
Na capoeira ou na faca
escreveu não leu
o pau comeu
Não foi um pai João
humilde e manso

Mesmo vovó
não foi de brincadeira
Na guerra dos Malês
ela se destacou

Na minh`alma ficou
o samba
o batuque
o bamboleio
e o desejo de libertação

Canta América
Não o canto de mentira e falsidade
que a ilusão ariana
cantou para o mundo
na conquista do ouro
nem o canto da supremacia dos derramadores de sangue
das utópicas novas ordens
de napoleônicas conquistas
mas o canto da liberdade dos povos
e do direito do trabalhador...

Em 19 de fevereiro de 1974 morre o poeta Solano Trindade.Além de poeta, foi pintor, teatrólogo, ator e folclorista. Legítimo poeta da resistência negra por excelência.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Não foi em vão - Lívia Cruz


Vã filosofia...

“Liberdade, Igualdade e Fraternidade permanecem palavras vazias para o povo se não traduzem uma real melhoria das suas condições de vida.”

Amílcar Cabral

"O povo sem sua história, origem e cultura, é como uma árvore sem raiz"

Marcus Garvey

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Tire o preconceito do caminho que eu quero passar com o meu black


Meu cabelo é enrolado
Mas minhas ideias... também
O reto nem sempre é o certo

Ocorreu um erro neste gadget